Pesca Feliz

buscar
Notícias

Após 27 anos, podemos dizer adeus para o VW Golf no Brasil?

Por quase duas décadas o Golf ficou sendo produzido no Paraná. E após 27 anos à venda no país, o hatch médio não aparece mais no configurador do site brasileiro da Volkswagen.
Publicado em Notícias dia 17/12/2020 por Alan Corrêa

Nos últimos anos os SUVs vem tomando conta do mercado, e por isso tirou o espaço do Golf, fazendo com que a Volkswagen não comercializa-se mais ele no Brasil.

Desta mesma categoria agora só falta o Chevrolet Cruze Sport6.

Por quase duas décadas o Golf ficou sendo produzido no Paraná. E após 27 anos à venda no país, o hatch médio não aparece mais no configurador do site brasileiro da Volkswagen.

Golf GTI

Qual foi o motivo?

O VW Golf veio sofrendo sucessivas quedas nas vendas, até nos mercados mais ricos o modelo foi perdendo espaço para os SUVs. Dessa maneira, a marca decidiu, então, encerrar a produção local em 2019, quando lançou a 7ª geração do hatch, o híbrido Golf GTE.

VW Golf GTE

A última geração chegou com apenas 99 unidades disponíveis, pelo preço de R$ 199.990. O fim do Golf abriu espaço para a chegada do SUV Taos. O novo utilitário da Volkswagen chega ao Brasil entre abril e maio de 2021 para desafiar o Jeep Compass, que foi o SUV mais vendido por três anos consecutivos (2016, 2017 e 2018), sendo que ainda continua no pódio.

Curiosamente, os dois lançamentos SUV da Volkswagen, Taos e Tarok, utilizarão a mesma plataforma MQB-A do Golf. A 7ª geração do hatch foi um dos primeiros veículos a nascer da base modular.

Os modelos híbridos são o novo caminho do mercado automobilístico, e desta forma, a eletrificação pode ser o caminho de volta para o hatch médio no futuro. Se o Golf voltar ao Brasil, o que pode acontecer já em 2021, virá de novo na versão híbrida plug-in GTE.

Pesca Feliz Mapa do site

1234